Da dor à gratidão: por Fernanda Geller

Da dor à gratidão: por Fernanda Geller

. 5 minutos de leitura

Olá! Eu sou Fernanda Geller, sou brasileira, moro no Texas/EUA e quero compartilhar algo que o Senhor tem trabalhado muito na minha vida e espero que Ele, também, faça o mesmo na tua!

O tema é “dor e gratidão”, que é um assunto que definitivamente trabalha profundamente no meu coração, e é uma lição que ainda estou no processo de aprendizagem. Porém, gostaria de compartilhar o pouco que já aprendi, porque esse pouco mudou vários aspectos da minha vida para melhor.

Tenho aprendido que o coração humano em geral tem a inclinação para ver o lado negativo em cada situação ou circunstância que estamos vivendo. Não importa quão favorecidos somos, quantos privilégios vivemos, se estamos numa situação financeira boa ou desafiadora, se temos filhos ou não temos, e por aí vai.

O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo? – Jeremias 17:9 NVI

A verdade é que vivemos num mundo caído onde o inimigo das nossas almas impera:

Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno. - 1 Joãos 5:19 NVI

Então, como se já não bastasse a inclinação natural pecaminosa do nosso coração, o inimigo aproveita essa tendência e usa uma lupa pra magnificar situações que realmente poderiam ser melhores e, assim, alimentar um sentimento de mágoa nos nossos corações.

É aqui, onde entra a receita que estou aprendendo a usar e que quero compartilhar contigo.

Essa receita é a Gratidão!!!

Não posso dizer que esta seja uma receita fácil de fazer e nem mesmo que seja rápida. Há quase dois anos que estou aprendendo a trabalhar em ser intencionalmente grata, especialmente nas situações mais desafiadoras de meu dia-a-dia. Algumas vezes falho, mas como eu já sei quais são os benefícios da gratidão, torna-se cada vez mais fácil levantar e continuar novamente.

Quando o meu filho tinha apenas dois aninhos, à cerca de um ano atrás, ele foi diagnosticado com duas doenças extremamente raras. Uma dessas doenças é tão rara que não há tratamento aqui no Texas, onde moramos. Hoje estamos nos preparando para o levar para um outro estado, onde realizará uma cirurgia que poderá salvar o seu coração e os seus rins. Graças a Deus, o único sintoma que o meu filho tem hoje é a pressão sanguínea bastante elevada, apesar de estar a tomar vários medicamentos, várias vezes ao dia. Poderia ser muito pior considerando os diagnósticos.

A verdade é que existe na minha mente uma lista de vários questionamentos, uma lista de reclamações. Essa lista é bem grande e cheia de interrogações e lágrimas.

Porém, eu já estava no processo de aprendizagem da gratidão quando o meu filho recebeu esses diagnósticos. E, preciso dizer que aplicar esta receita da gratidão neste ponto da minha vida é extremamente difícil. Todavia, com a ajuda do Espírito Santo tenho conseguido na maior parte das vezes.

Então, vou usar esta situação na minha vida para explicar como a gratidão pode ser real mesmo quando estamos passando pela dor. Podemos aplicar a gratidão em todas as áreas das nossas vidas e colher os seus benefícios. É basicamente a regra de plantar e colher como está escrito em:

Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear isso também colherá. – Gálatas 6:7 NVI

A gratidão não trás explicação para as dificuldades que estamos vivendo, mas ela ajusta a nossa percepção. Ela limpa o nosso coração da mágoa e permite que os nossos ouvidos espirituais estejam sensíveis para o que Deus quer fazer nas nossas vidas em cada situação que vivemos.

A realidade é que não importa quão privilegiado tu sejas na tua vida, ainda assim terás desafios.

“Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. - João 16:33 NVI

Então, porque não aprendermos esta receita que deixa a vida mais leve? E, acima de tudo, estaremos obedecendo ao Senhor, pois Ele nos instrui a sermos gratos em todas as ocasiões.

Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. – 1 Tessalonicenses 5:18 NVI

Então, hoje em meio à dor escolho ser grata pelo cuidado do Senhor sobre a vida do meu filho Samuel. Há dias mais difíceis do que outros, mas a gratidão ajuda-me a enxergar que mesmo sem entender o porquê de estar a viver tudo isso, o Senhor tem cuidado de mim e me orientado durante todo este processo.

À medida que amadurecemos no nosso relacionamento com Deus, vai ficando mais claro que não precisamos entendê-lO para confiar nEle. Algumas vezes, Ele dá-nos explicações, mas, na maioria das vezes, Ele simplesmente não nos dá. Isto porque, ainda não entenderíamos e a gratidão é a maior prova de amor que podemos dar ao nosso Pai, que nos ama de maneira incondicional.

Todos nós temos motivos pelo quais sermos gratos, mas para fazer esta receita da gratidão requer consciência e disciplina para que isso se torne um hábito.

Mesmo em meio à dor podemos encontrar motivos. Assim, compartilho alguns motivos de gratidão que encontrei em meio ao desafio que estamos vivendo quanto a saúde do Samuel.

Jesus, eu te agradeço:

  1. por nos dar graça, diariamente, e por termos o conforto da Sua presença em meio ao que estamos vivendo;
  2. por nos ter permitido diagnosticá-lo cedo o suficiente, antes dele sofrer uma falência cardíaca ou renal;
  3. por nos conectar com as pessoas que precisamos para encontrar o tratamento necessário para ele;
  4. por pessoas amadas que o Senhor tem levantado ao redor do mundo para estar orando pelo Samuel e pela minha família e nos encorajando constantemente;
  5. por nos prover um plano de saúde que nos dará a assistência que precisamos pra o tratamento dele.

Assim como tudo o que o Senhor nos tem instruído a fazer neste processo, este mandamento também nos traz benefícios e nos ajuda a aprofundarmos o nosso relacionamento com Ele.

Aceitei o desafio de focar no que há de bom em tudo o que estamos vivendo e essa atitude tem curado o meu coração neste processo de dor que estamos passando.

Portanto, hoje eu te convido a viver esta receita da gratidão dentro da realidade da tua vida. Te convido a ser obediente através da gratidão. E então, aceitas o convite?

Por Fernanda Geller


Fernanda é uma das pessoas que Deus me deu o privilégio de conhecer no capítulo da minha vida chamado Dallas. E desde então, estamos juntas no mesmo barco atravessando as águas mais profundas da vida, seja onde Deus nos levar.

Titus Home - Texas/EUA (Setembro/2017)

Bruna Duarte

Fundadora e escritora do blog, fotógrafa, esposa do Diego e mãe da Sarah e Daniel. Uso as palavras para traduzir o meu coração e creio que elas podem alcançar lugares que os meus pés não podem chegar.